Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
Manhã Demais
Cheila
Em Taió, dois são detidos, suspeitos de tentar furtar motocicleta
Policial | 17/02/2017 09:43 | COPOM PM Taió | Fotos:

Por volta das 21h50min desta quinta-feira (17), a guarnição da Polícia Militar (PM), foi acionada para verificar dois masculinos em atitude suspeita que estavam no interior de uma propriedade, na rua Adolfo Berri nº10, bairro Padre Eduardo.

Ao chegar no local, os policiais abordaram dois rapazes na via pública em frente a residência. Devidamente identificados, um deles menor de 13 anos,  nada de ilícito foi encontrado, sendo liberados.

Posteriormente, uma senhora que reside ao lado da residência, relatou que os dois suspeitos, estiveram dentro da propriedade nos fundos da residência em atitude suspeita.

A guarnição foi verificar os fundos da residência visto que os moradores estavam ausentes e avistaram uma motocicleta HONDA / CG 125 Titan de placa MBX-9304, a qual estava com indícios de ligação direta (com fios aparentes e desencapados). Diante dos fatos, os policiais realizaram buscas e localizaram novamente os rapazes, momento em que  a  proprietária da motocicleta compareceu no local e relatou que a moto não estava da forma que foi encontrada com indícios de ligação direta.

 

A PM acionou o Conselho tutelar para comparecer no local, visto que se tratava de envolvimento de um menor na ocorrência. De acordo com o relatório da polícia, a conselheira se negou a comparecer, informando que neste caso é de responsabilidade da Polícia Militar entrar em contato com os pais do menor envolvido. O Centro de Operações da Policia Militar (COPOM), tentou entrar em contado com os pais do menor, em sucesso, sendo assim, os suspeitos foram conduzidos e entregues na Delegacia de Polícia Civil de Taió.

Conselho Tutelar

Representante do Conselho Tutelar de Taió esclareceu que, "o Conselho não se negou a atender a ocorrência, foi informado a Polícia Militar e também a Polícia Civil que conforme consta no artigo 107 e 231 do Estatuto dá Criança e do Adolescente, (que é a lei que protege a criança e o adolescente), é dever da autoridade policial responsável pela apreensão comunicar a família do apreendido ou a pessoa por ele indicada.

Porém mesmo assim o Conselho Tutelar esteve presente no local e após a liberação do adolescente as Conselheiras conduziram o mesmo até a sua residência deixando-o sobre a responsabilidade da mãe."


 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Avenida Nereu Ramos, 226 - Centro - Taió - Santa Catarina - 89190-000 || Fone/Fax: 47 3562-0139 || E-mail:comercial@radio1047.fm.br
2016 Rádio 104,7 FM, Todos os Direitos Reservados.