Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
IRRADIANDO AMOR
SOUZA
#NADAJUSTIFICA: GOVERNO LANÇA CAMPANHA QUE VISA O COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES
Politica | 29/06/2018 09:48 | SECOM/SC | Fotos:

O Governo de Santa Catarina lançou na última quinta-feira (21), uma campanha de combate à violência contra as mulheres em Santa Catarina. A ação está focada no ambiente digital, com peças para redes sociais e produção de matérias especiais sobre o tema que serão marcados com a hashtag #nadajustifica.

O números de violência são reais. Em 2018, conforme a Secretaria de Estado de Segurança Pública, foram registrados 1.382 estupros no Estado entre os meses de janeiro e abril. Também nesse período foram 6,9 mil casos de lesão corporal – sendo que quase 65% ocorreram dentro de casa.

Em relação ao feminicídio – crime praticado contra a mulher em decorrência de violência doméstica, familiar ou, ainda, menosprezo ou discriminação à condição de mulher – no primeiro trimestre desse ano foram registradas oito ocorrências em Santa Catarina. Em metade dos casos, as vítimas tinham até 30 anos e tinham filhos com o autor do crime. Três vítimas registraram boletim de ocorrência contra o criminoso. E quase todos os casos ocorreram dentro de casa.

“Ainda precisamos evoluir nas relações entre os casais e as famílias. Enquanto houver a sensação de propriedade um do outro, em especial do homem que se sente dono da mulher, teremos ocorrências de violência”. É o que relata a delegada de Polícia Civil, Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das Delegacias de Atendimento à Criança, Adolescente e Idosos.

Para o enfrentamento desse problema, em algumas cidades são oferecidos tratamentos psicológicos para o agressor, no sentido de trabalhar a compreensão das relações e combater a violência. As mulheres vítimas de agressão também são encaminhadas a grupos de apoio para entenderem que não estão sozinhas e que precisam agir para mudar a realidade em que vivem.

Nada justifica. Nada.

Para denunciar esses casos, foi criado em 2005 o Dique 180 – Central de Atendimento à Mulher. Por meio desse canal as mulheres são orientadas sobre os serviços disponíveis para o enfrentamento do problema. É um serviço gratuito e anônimo. As atendentes são mulheres e são treinadas para dar o devido encaminhamento.

Em Santa Catarina as vítimas também podem fazer denuncias à Polícia Civil pelo número 181.

 

Conheça um pouco mais http://bit.ly/NadaJustifica

FOTOS

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Avenida Nereu Ramos, 226 - Centro - Taió - Santa Catarina - 89190-000 || Fone/Fax: 47 3562-0139 || E-mail:comercial@radio1047.fm.br
2016 Rádio 104,7 FM, Todos os Direitos Reservados.