Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
PODE PEDIR
SOUZA
Vereadores querem barrar CPI das Pontes em Alfredo Wagner
Politica | 06/07/2018 08:28 | Jornalista Comendador Mauro Demarchi | Fotos:

Os Vereadores Edenilson Rodrigues de Souza, Reginaldo Silveira, Rúbia Mariotti Schweitzer da Silva e Silvio José Althoff entraram hoje com um requerimento para anulação da convocação da CPI que investigará as possíveis irregularidades da Administração pública com relação ao contrato para construção das Pontes no Passo da Limeira e São Wendolino sobre o Rio Itajaí do Sul em Alfredo Wagner/SC.

Os 4 vereadores assinaram, no dia 25/06/2018, o pedido de abertura da CPI juntamente com os Vereadores Adilson Mariotti, Emilio Carlos Petris e Paulo Cesar Rossi, pedido este encaminhado ao Presidente da Câmara de Vereadores, Vitorio Schaffer para que fossem tomadas as devidas providências.

Após terem assinado o pedido de CPI na semana passada, os 4 Vereadores encaminharam hoje requerimento ao mesmo Presidente da Câmara, Vitório Schaffer, alegando vícios na formulação do pedido de CPI e encerram afirmando que “requerem que seja reconhecida a nulidade do ato de instauração da CPI e todos os demais atos praticados até o presente momento”.

Os alfredenses estão se perguntando: os ilustres vereadores consideram vicioso um pedido de CPI mas não a demora e o gasto de dinheiro público nas pontes que não foram concluídas? Esta pergunta tem sido repetida não apenas nas comunidades afetadas mas pela população em geral que se sente traída na busca por uma Alfredo Wagner sem corrupção.

Os eleitores já estão falando na possibilidade de encaminhar o assunto para o Ministério Público Federal, devido a morosidade em se esclarecer o dinheiro já gasto com as estruturas inúteis e a paralisação das obras. A População está bastante preocupada!


Por: Jornalista Comendador Mauro Demarchi/ www.jornalaw.com.br

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Avenida Nereu Ramos, 226 - Centro - Taió - Santa Catarina - 89190-000 || Fone/Fax: 47 3562-0139 || E-mail:comercial@radio1047.fm.br
2016 Rádio 104,7 FM, Todos os Direitos Reservados.