Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
PODE PEDIR
SOUZA
Polícia Civil cumpre mandados de prisão em cinco cidades de SC na Operação Torre de Babel
Policial | 10/10/2018 08:44 | G1/SC | Fotos:

A Polícia Civil cumpre na manhã desta quarta-feira (10) 18 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão em Santa Catarina. A ação integra a Operação Torre de Babel, que busca desarticular uma organização criminosa suspeita de praticar crimes como tráfico de drogas, roubo, furto e desvio de carga.

 

Conforme a Polícia Civil, foram expedidas as ordens judiciais para Joinville, São Francisco do Sul, Araquari e Itapoá, no Norte catarinense, e Navegantes, no Litoral Norte. Até as 8h, não havia balanço de cumprimentos.

 

A operação tem mandados expedidos em sete estados e no Distrito Federal. Em Santa Catarina, o foco é o roubo e desvio de cargas.

 

Mandados de prisão

De acordo com o delegado Anselmo Cruz, 14 mandados de prisão foram expedidos para Joinville e um para cada uma das outras cidades: Itapoá, Navegantes, Araquari e São Francisco do Sul. Já os de busca e apreensão foram 21 para Joinville, e um para cada uma das outras quatro cidades.

 

No estado, mais 130 policiais da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville trabalham em conjunto com policiais civis do Distrito Federal.

 

Segundo a Polícia Civil de Santa Catarina, os suspeitos presos serão recambiados para o Distrito Federal e responderão, entre outros crimes, por organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, furtos e roubos de cargas.

 

 

Operação Torre de Babel

 

A megaoperação da Polícia Civil do Distrito Federal cumpre 72 mandados de busca e apreensão, 42 mandados de prisão preventiva e 6 de prisão temporária em Brasília e em outras 14 cidades pelo país.

 

De acordo com a Polícia Civil, a investigação iniciou há nove meses a partir da identificação de um grupo criminoso ligado ao tráfico de drogas.

 

A partir do líder, foi possível investigar uma organização criminosa interestadual também a roubos, furtos e desvios de cargas. Segundo a polícia, o líder da organização contava com o apoio de três homens nas duas frentes de atuação. Ele armazenava "grande quantidade de droga" em uma propriedade em Cristalina, no Goiás.

 

Ao final, a polícia descobriu tratar-se de uma organização criminosa interestadual "dedicada não apenas à traficância, mas também a roubos, furtos e desvios de cargas, posteriormente revendidas em cidades de seis estados brasileiros, além do Distrito Federal", de acordo com a Polícia Civil do DF.

FOTOS

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Avenida Nereu Ramos, 226 - Centro - Taió - Santa Catarina - 89190-000 || Fone/Fax: 47 3562-0139 || E-mail:comercial@radio1047.fm.br
2016 Rádio 104,7 FM, Todos os Direitos Reservados.