Escolha sua rádio favorita
Rádio on-line!
PODE PEDIR
SOUZA
Chuvas causam estragos em Santa Catarina
Geral | 25/05/2019 08:14 | ND/RIC | Fotos:

Conforme divulgado pela Epagri/Ciram, fortes chuvas acompanhadas por rajadas de vento atingem o Litoral Catarinense. O centro de informações alertou sobre as mudanças climáticas que teriam início nesta sexta-feira (24), com maior intensidade na extensão de Passo de Torres a Florianópolis. Até as 16h30, a assessoria do Aeroporto Internacional Hercílio Luz informou que os voos estavam mantidos.

 Defesa Civil alertou que os ventos e ressacas permanecem até domingo. Enquanto a chuva deve diminuir até sábado (25)

No Sul do Estado, choveu muito. Tubarão registrou 140 mm de chuva até às 17h15. Em Araranguá, a situação também foi preocupante.

Municípios maiores volumes de chuva – Divulgação/Epagri

Defesa Civil alertou para evitar a passagem pela Serra do Rio do Rastro na noite da sexta-feira (24). Criciúma também apresentou pontos alagados. Os bairros Progresso, Vila Francesa e Boa Vista apresentaram os pontos mais críticos.

Jaguaruna ficou embaixo d’água:

Tocador de vídeo
00:00
00:17

Em São Joaquim, na Serra catarinense, a situação também é caótica. Vários trechos da cidade estão alagados. Teve até registro de queda de granizos no início da tarde. A Escola Estadual Manoel Cruz ficou “ilhada” por conta dos alagamentos na redondeza.*

Confira o vídeo da chuva torrencial em São Joaquim:*

O informe emitido pela instituição alerta para chuvas persistentes, podendo atingir de 70 à 100 milímetros. Em alguns pontos específicos, as chuvas podem ultrapassar o nível de 120 milímetros. O Epagri/Ciram também informou que ventos fortes devem causar ressaca marítima no Litoral.

No período de 12 horas (das 20h do dia 23 às 8h do dia 24/05), foram registrados níveis próximos de 80 milímetros de chuvas no Litoral Sul, nos municípios de Laguna e Jaguaruna.

Localidade de Forquilha do Aratingaúba, no município de Imaruí, já sofre os impactos da chuva nesta sexta-feira – Reprodução/ND

Ainda conforme o Epagri/Ciram, um ciclone extratropical será intensificado na costa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Rajadas fortes e persistentes de vento sul também estão previstas, podendo atingir de 60 a 90 quilômetros por hora.

O vento deixou o mar muito agitado a grosso, com picos de ondas de três metros a quatro metros.

Por volta das 16h40 desta sexta-feira, Tubarão estava com 2.692 unidades sem luz, Lages apresentava 1.912 e Mafra 729 unidades sem energia elétrica.

Mercado Público de Imaruí ficou alagado – Arquivo Pessoal

*Com informações do Portal São Joaquim Online

 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
Publicidade
Avenida Nereu Ramos, 226 - Centro - Taió - Santa Catarina - 89190-000 || Fone/Fax: 47 3562-0139 || E-mail:comercial@radio1047.fm.br
2016 Rádio 104,7 FM, Todos os Direitos Reservados.